Tag Archives: 10 conselhos que roubei de pessoas mais produtivas do que eu

10 conselhos que roubei de pessoas mais produtivas do que eu

10 conselhos que roubei de pessoas mais produtivas do que eu

Ser mais produtivo é questão de escolhas; aprenda como fazer as certas

produtivas

Como todas as pessoas, eu gosto de pensar em mim mesmo como uma pessoa produtiva. Se eu sou, porém, é porque fui impiedosamente eficiente em uma coisa: roubar os segredos e métodos de pessoas que são bem mais inteligentes do que eu.

Em minha carreira, tive a felicidade de entrar em contato com autores renomados, empreendedores bem sucedidos, investidores, executivos, e pessoas criativas. Alguns não conheci pessoalmente, mas encontrei seus pensamentos em forma de livro. Sabendo eles ou não, eu incorporei o que julguei serem suas melhores ideias quanto a produtividade.

Abaixo estão os segredos que aprendi dessas pessoas. Obrigado, pessoal! Vocês me ajudaram a realizar mais coisas e a ser mais criativo.

1- Listar tarefas

Com Tim Ferris aprendi a arte da lista de tarefas. Uma simples e direta lista. Um cartão de anotações, cinco ou seis itens grandes e é isso. Todos os dias eu risco essas itens da lista e rasgo o cartão onde fiz as anotações. E esse é o sistema.

2- Guardar referências de livros

Robert Greene, renomado autor do livro As 48 leis do poder, me mostrou como ele cria seus livros. Seu sistema de notas mudou minha vida. Dobro as páginas de cada livro que eu leio e então volto e seleciono as informações que quero e as transfiro para cartões de anotações. Então organizo essas notas por tema em caixas. Hoje eu já acumulo centenas de milhares desses cartões, aos quais recorro quando preciso de uma anedota, fato, inspiração, estratégia, história ou exemplo.

Com Tobias Wolff, em seu livro Meus dias de escritor, aprendi a guardar tempo para digitar citações e passagens de ótimos livros. Faço isso quase todos os finais de semana. Isso me fez um digitador mais rápido, um escritor bem melhor e uma pessoa mais sábia. Do filósofo Montaigne, aprendi a importância de manter um livro de referências. Se algo chama a sua atenção, escreva, grave em algum lugar. Use depois. Simples assim.

3- Manter um diário

De Casey Neistat, popular realizador de filmes, artista e youtuber, aprendi o truque de sempre manter um Moleskine pequeno por perto, no qual escrevo todos os dias: pensamentos, lembretes, anotações, lições. Prefiro um que caiba no meu bolso, assim sempre tenho papel comigo. Os últimos meses foram incrivelmente difíceis e esse diário me ajudou a lidar com isso.

4- Produtividade no email

Com David Allen & Merlin Mann aprendi a importância de ter uma caixa de entrada sempre zerada. Sempre. Ramit Sethi tem umconselho que me ajuda a cumprir o primeiro: você não precisa responder todos os emails que recebe. O botão “deletar” é um jeito rápido de manter a caixa de entrada no número zero. Outra dica: há uma ótima citação de Napoleão sobre como ele adiava abrir cartas para que, quando ele finalmente as abrisse, os assuntos não muito importantes já estivessem solucionados. tento fazer o mesmo quanto aos meus emails.

5- Dizer não

“Não” é a uma palavra poderosa e produtiva, segundo James Altucher. Nós pensamos que somos obrigados a dizer sim a tudo, e então nos questionamos porque não temos tempo suficiente. Aprender a dizer não – “Não, obrigado”, mais especificamente – irá energizar e animar você. Faça isso o máximo que puder.

6- Desligar-se

Esqueço quem me deu essa ideia, mas nunca compre wi-fi para o avião. Esqueça a internet durante todo o voo. Atualize-se nas suasatividades. Pense. Leia.  aprendi um ótimo truquezinho. Deletar o app do Facebook do celular. Apenas faça isso. Confie em mim.

7- Colocar ideias em prática

Niki Papadopoulos, sempre diz: “Ok, então, tente colocar no papel”. Em outras palvras, ela quer dizer “comece as coisas”. Geralmente ela diz isso logo após eu explicar minha ideia para um  artigo. Planejar é ótimo, mas pessoas produtivas colocam as ideias e planos em prática.

8- Escutar a mesma música várias vezes

Acho que de Tucker Max eu roubei a ideia de ouvir a mesma música de novo e de novo. Isso faz com que você se desligue e entre em uma zona criativa. Minha playlist no iTunes é vergonhoso, mas não ligo. Ouvir a mesma música centenas de vezes é como eu consigo fazer tantas coisas em pouco tempo.

9- Escolher um ambiente produtivo

Aaron Ray .Ele é um produtor de cinema e gerente de imenso sucesso, mas eu reparei em uma coisa: ele quase nunca estava no escritório. E sempre tinha uma desculpa ridícula para isso. Eventualmente eu entendi o porquê: ele evitava as baboseiras do escritório que sugam tanto tempo das pessoas. Por não estar sempre lá, ele conseguia realizar muito mais. Conseguia ver o que era importante. E como um bônus extra, todos sempre estavam falando dele: “Onde está Aaron? Alguém viu Aaron?”.

Ainda sobre esse assunto, Frederick Douglass diz que “um homem é trabalhado por aquilo no qual ele trabalha”. A lição aqui é ficar longe de ambientes tóxicos, que impedem a produtividade, e tentar se afastar de problemas sem solução.

10- Não fazer tudo sozinho

Como agente de talentos, Aaron Ray me mostrou porque você nunca deve desperdiçar seu tempo ou seu dinheiro fazendo suas próprias negociações sempre. Esse conselho me ajudou bastante. Repasso perguntas a um especialista em falas públicas, projetos relacionados a livros a um editor, pedidos de entrevistas para um assistente, coisas relacionadas a televisão e filmes ao próprio Aaron etc. Sim, isso significa que eu os pago por isso, mas sabe o quê? Todos os serviços de valor têm um custo. Apenas um bobo representa a si mesmo em todo o tempo.