Crime e Castigo, Paixão e Compromisso

“Quem tem um porquê para a sua vida pode suportar praticamente qualquer coisa.”- Friedrich Nietzsche

Há quem queira ser internet marketer, mas se aborreça porque já escreveu 10 posts no seu blog e só tem 5 visitas diárias e zero euros na conta.
Outros são empreendedores entusiasmados, mas depois de umas semanas olham para a conta bancária e pensam que já seria tempo de a terem a abarrotar.
Outros querem ser cozinheiros, ou futebolistas ou dançarinos.
O que torna estas pessoas todas casos de insucesso é o facto de, no dia a dia, não executarem as acções necessárias para que os sonhos se tornem realidade.

São uns sonhadores, iludidos. E, quem anda iludido, um dia será des-iludido. Todas as desilusões vêm de ilusões e todas as ilusões vêm de um sonho sem acção.

Por isso, se procuras ser feliz, procura o que te faz feliz. Descobre o teu propósito na vida, o teu porquê. Quando o achares não existirão amarguras mais doces do que aquelas que irás suportar, nem dificuldades mais queridas nem obstáculos mais entusiasmantes. As horas do dia não chegam, sonhas acordado, transformas-te numa fonte inesgotável de ideias e de energia, mobilizas tudo à tua volta e fazes os sonhos acontecerem.

De onde te veio toda essa capacidade? Da tua paixão e do teu compromisso. É como um crime que traz consigo o seu próprio castigo. A paixão traz agarrado o compromisso.

comentários